segunda-feira, 20 de maio de 2013

Entrega-te ao Mar?

E o menino largou os remos
E começou a indagar
"entrego-me ao afogamento?"
Ou 
"Bato os braços e ponho-me à aprender a nadar?"
...
Mesmo sem resolver tal indagação
Entregou-se no azul da imensidão
E por enquanto
NADA...






Notlim Santiago



 
"ô maré!"
  (V.P.S)

7 comentários:

  1. Muitoooooo Bom .. Tu escreve muito po *--*

    ResponderExcluir
  2. Porra! Se garantiu.
    Esse bixo é um poeteiro mesmo uahsuahsuas

    ResponderExcluir
  3. Olá, passei apenas pra dizer que já estou te seguindo e voltarei aqui futuramente pra fazer comentários sobre os posts.
    Seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Véi, essa ficou muito foda. Tas se superando a cada verso, a cada poesia. Muito boa!!

    ResponderExcluir
  5. Enquanto isso, nada ele fez, acho que ele ficou a pensar.

    ResponderExcluir